Com você, todo dia vira um dia bom

Os dias mais inesquecíveis da nossa vida acontecem de vez em quando, mas com você, todo dia vira um dia bom.

Você sabe muito bem fazer uma festa. Principalmente as que matam a saudade de um dia inteiro. Que eu saio cedo e chego tarde. Ah, não posso negar… a gente precisa trabalhar e estudar.

Mas quando chego sua alegria é sem fim. Corre e senta, sem precisar dizer nada. Com um olhar você entende. Se antes você não entendia o que eu pedia, hoje você já levanta a patinha e eu dou risada feito boba.

Não tem nem um mês que você tá aqui e eu já sou mais feliz, já aprendi a suspirar mais ainda pelas coisas simples da vida porque para você, se tiver um espaço pra correr e um balde de água a te esperar, você tem tudo o que precisa (ah, e cenoura de brinde não pode faltar). A gente estava começando a se preparar para fazer um novo amigo, mas ainda não fazíamos ideia de que seria você o novo membro da família, com todo esse tamanho e energia. E que sorte a minha que nossos caminhos se cruzaram.

Quem tem um amigo como você tem muito na vida, Luke. Eu gosto de acreditar que você entende tudo o que eu falo, porque suas expressões são impagáveis e quando você olha pra mim e sorri na janela, meu coração sorri por dentro. Paro o que estou fazendo só pra te fazer um carinho.

Se eu tô lá dentro tomando café, faço questão de sair pra te fazer companhia. Ou pra ter a sua. Ah, e aproveitar o sol quando tem. E levo o pote de verduras porque esse não pode esquecer. Você senta, eu te pergunto o que você quer. Você levanta a patinha e eu já sei. Te dou a cenoura e você come. Feliz. Eu sei, porque a gente se entende.

Como ninguém.

Anúncios

Luke: Catioro ou urso?

img_8185

Você chegou na minha estação do ano favorita. Ainda é outono por aqui, mas com você é outono o ano inteiro com a cor desses teus olhos de quem já é mais feliz por aqui.

Você surpreendeu a gente. Continua me fazendo sorrir durante o dia quando lembro de você e olha que você só está aqui há uma semana (e um dia hoje). Sabe aquela frase “já era amor antes de ser”? Era sim. A gente nem se conhecia e quando se conheceu eu não tive medo de te apresentar aos meus amigos e às pessoas que me conhecem nas redes sociais, mesmo não sabendo ao certo se íamos dar conta do ursão que você é. Mas no dia seguinte ela aqui em casa já decretou ao acordar: vamos ficar com ele!

E agora tô aqui, te apresentando a quem lê esse blog. Dizer que espero aproveitar muito mais a vida com você, porque quando minha Lilizinha chegou, eu era um toquinho de gente, e quando entendi a vida, ela se foi sem quase não deixar lembranças da boa fase em mim.

Agora a vida me deu mais uma oportunidade de aprender mais com quem não diz o mesmo idioma que eu, mas que na prática sabe mostrar que pra ser feliz não precisa de muito. Só precisa de espaço pra correr e uma bolinha pra pegar. Ah, e um balde de água pra se hidratar.

Ah, meu bem, acredite em mim. Quando te vi naquela varanda meu coração se apertou. Você sozinho sem entender direito o que ia acontecer. Não sabia bem pra onde ia, mas já viramos parças de janela no carro dele. Você chegou em casa e eu descobri que o momento feliz do seu dia é o de comer cenoura. Mas tem que ser morninha. Descobri numa segunda-feira de manhã.

Faço questão de dividir meus vegetais com você se você me prometer que vamos correr juntos por aí como se não houvesse amanhã (e se você fazer amizade com a Rose, vai).

Seja bem-vindo, Luke (mas não o Skywalker) ❤

O que eu aprendi de ter um gato

 

IMG_1054.JPG
@Roseveflores

Aprendi que preguiça é contagiante e que esquecer a torneira aberta faz parte, mesmo que a gente leve bronca por causa da conta de água.

Qualquer lugar é lugar de gato se enfiar. Caixas, guarda-roupas, armários e a gente vai procurar de coração apertado achando que sumiu e aí você abre o armário e lá está. O coração chega se acalma.

Aprendi a brincar de se esconder lentamente só pra fazer ela vir correndo me procurar e que o seu rascunho fracassado é o melhor brinquedo dessa vida. Se você tiver um laser e apontá-lo para a parede é melhor ainda!

Aprendi que gato é realmente diferente de cachorro e que eles às vezes gostam de ficar mais quietinhos, deitadinhos no escuro, sozinhos, mas meu amigo, se ele brincar de te arranhar, subir no seu colo e querer dormir agarradinho com você, você é uma pessoa de sorte e foi escolhido para ser amado por ele, não é pra qualquer um não, viu?

Gato não é fácil de entender, tem que ter paciência e se dedicar (vale até pedir para fazerem graça se você tiver um biscoitinho). Quando você ver, os pelos que eles soltam é só detalhe se comparar com a delícia que é ter um bichinho dormindo quentinho em cima do seu pé ou deitar em cima do seu livro só de zoas. Gato é amor pra quem sabe amar.

Os olhos são as câmeras da alma

img_1063

Os olhos são as câmeras que registram os mais íntimos e diversos momentos. As vezes vejo cenas e as imagino reveladas em papéis. Lembranças físicas do que mantém o coração quentinho. As vezes até tento, mas há momentos em que a gente guarda só ali, na cabeça.

Os olhos que são capazes de produzir as mais belas fotografias quando há muita luz em até mesmo quando a iluminação é o pisca-pisca amarelo na janela numa noite de sexta-feira.

Eu só queria que meus olhos pudessem te registrar do mesmo jeito que te vejo, enquanto dormes tranquila em meus braços na pouca luz desse quarto em que faço questão de te deixar entrar mansa pela janela para acordar serena todos os dias e compartilhar com o mundo todas essas fotografias que ficam registradas na alma como as antigas câmeras registravam em um filme.

Desde quando você chegou… 


Desde que você chegou por aqui, a vida virou loucura. Um gato? Logo eu? Sempre quis um e sempre adotava o que aparecia mas nunca confiei totalmente no companheirismo. Cuidado, carinho, comida… E eles iam embora.
Mas você ficou e foi uma das melhores coisas que aconteceram na vida. 

Desde que você chegou a conta do cartão de crédito aumentou, o espaço na cama diminuiu e meu coração só dobrou de tamanho. Você veio destruindo toda aquela imagem de que gato não ama seu dono e só quer a sua comida. Você veio para aquecer e ficar pertinho. Ai de mim nos dias alérgicos, ai de mim te tirar de perto. Não sei dizer não para esses olhos azuis.

Lembro-me da Cherrie, aquela pequena amiga que tínhamos e que sumiu também. Lembro-me de sua conexão com ela e de como você ficou pra baixo quando ela desapareceu. Até hoje me pergunto o que de fato aconteceu. Há algum tempo revendo as fotos de vocês dormindo abraçadinhas, confesso que segurei uma pequena lágrima no cantinho do olho. Você gostava tanto dela…

Veio trazer a preguiça para a vida, não é? Se alguém parar para reparar, até nosso espreguiçar virou sincronia.
Poderia permanecer e te observar por horas e cada foto é um elogio do quão fotogênica você é.

Obrigada por fazer parte da minha vida fotográfica, pelos pêlos na calça preta do trabalho logo pela manhã e por me ensinar que o fora de um cara não dói tanto quanto te acordar do cantinho da cama que é só teu. Não imagino como seria minha vida sem você nela ❤️